04/09/2017

Leis sobre o amor que não podemos evitar

Um relacionamento muda com o tempo, quanto mais tempo junto, mais mudanças vão acontecer. Algumas delas são preocupantes mas, se você olhar bem, vai perceber que elas são apenas um novo passo para algo muito melhor.

Confira as 10 leis do amor que trazemos hoje, enfrentadas por quase todos os casais.

A confiança é frágil
Qualquer relacionamento deve estar baseado na confiança, mas, infelizmente, ela é frágil: quando perdida, é muito difícil de ser recuperada.

O tédio a dois sempre vai existir
Nos sonhos, um casal perfeito sempre faz tudo junto, estão sempre perdidamente apaixonados e têm interesses em comum que quase nunca mudam. Infelizmente, a vida real é outra história. Às vezes, é melhor ler um livro do que sair com os amigos da outra pessoa, e tudo bem. Ficar um tempo sozinho para descansar é fundamental.

Nem sempre estarão do mesmo lado
Até mesmo os casais que parecem concordar em tudo vez ou outra acaba discordando. É importante saber escutar a outra pessoa e pensar em uma solução que agrade aos dois, sem brigas e com muito bom senso.

Casamento com filhos não são uma solução, são uma prova
Muitas pessoas erram ao pensar que um casamento fará com que a relação fique mais forte, ou que os filhos podem unir um casal. As duas situações são provas muito intensas que um casal terá que enfrentar. E isso não tem nada de mau. É como andar de bicicleta: no começo, caímos, mas depois aprendemos e é maravilhoso.

Nem sempre haverá atração sexual
Paixão desenfreada é coisa de começo de relação. Depois, a vida sexual dá uma esfriada. O importante é não ficar desesperado e não pensar que a relação chegou ao fim. Tudo muda o tempo todo e a paixão pode voltar a qualquer momento.

Os dois vão se sentir sozinhos de vez em quando
Você pode até achar que um relacionamento é o oposto da solidão, mas isso não é verdade. Mesmo estando com alguém você pode se sentir sozinho. Provavelmente vai sentir que ninguém te entende e esses pensamentos são normais, seja em solteiros seja em casados.

As dúvidas sempre vão existir
“Eu devo me separar?“, ”E se...?" e dúvidas desse tipo sempre vão aparecer, sobretudo quando passamos algum tempo sozinhos e se tivemos uma longa experiência de solteirice. Não fique alimentando as dúvidas, procure as respostas.

Às vezes, a conexão especial parecerá perdida
Nem sempre você vai sentir que a outra pessoa é a sua cara metade. Ficar se obrigando a sentir isso o tempo todo não vai te fazer bem e pode ser muito ruim para o relacionamento.

Os casais acabam se machucando
Ninguém vai te machucar mais do que o seu amor. As palavras da pessoa amada são as mais importantes do mundo e podem nos ferir muito em uma discussão, principalmente quando se referem a nossos pontos fracos. Ou seja, as duas pessoas vão sofrer. O importante é sempre colocar os sentimentos para fora e resolver toda discussão que surgir. Afinal de contas, fazer as pazes com a pessoa amada é a melhor coisa do mundo.

O amor não sobrevive sozinho
Não é à toa que ’amar’ é um verbo. Ele é uma ação que requer muito trabalho. Um trabalho a dois, claro. Uma pessoa não ama sozinha, essa via é de mão dupla e requer tempo e esforço conjunto.

Via: Incrível


EmoticonEmoticon