13/01/2018

15 celebridades que morreram no auge da carreira

Se tem algo que você e ninguém pode escapar é da morte. Mais cedo ou mais tarde ela acaba chegando para todos e, como todos sabemos, ela nunca falha. E é sempre triste quando perdemos um ídolo. Muito mais triste ainda é quando esse astro ou estrela deixa trabalhos incompletos por causa da morte inesperada. 

Muitos atores e cantores famosos não souberam lidar com a fama ou foram pegos pelo infeliz destino. Confira alguns deles abaixo:

Heath Ledger


O australiano Heath Ledger deixou algumas interpretações memoráveis, como o cowboy Ennis Del Mar no filme O Segredo de Brokeback Mountain e o perturbador Coringa em Batman: O Cavaleiro das Trevas, papel pelo qual o ator inclusive recebeu o Oscar de melhor ator coadjuvante postumamente.

Ledger faleceu devido a uma overdose em 2008, enquanto participava das gravações do filme O Mundo Imaginário do Dr. Parnassus interpretando o papel de Anthony Shepherd. Por conta de sua morte inesperada, o roteiro teve que passar por modificações, e os atores Colin Ferrell, Jude Law e Johnny Depp foram chamados para dar continuidade às filmagens, vivendo o mesmo personagem em versões transformadas.

Paul Walker


Paul Walker, como você sabe, estava no meio das filmagens de Velozes e Furiosos 7 quando sofreu o acidente que acabou com sua vida. A produção chegou a ser suspensa durante alguns meses e, após ajustes de roteiro e a ajuda dos irmãos de Walker, Caleb e Cody, o filme foi finalizado.

River Phoenix


River Phoenix tinha apenas 23 anos quando morreu por causa de uma overdose em Hollywood, enquanto participava das gravações de Dark Blood. Faltavam apenas poucos dias para o ator concluir as filmagens, e o filme acabou sendo engavetado até quase duas décadas mais tarde, quando foi finalizado pelo diretor George Sluizer. Além disso, Phoenix tinha vários projetos engatilhados quando faleceu.

O ator havia sido escalado para interpretar o personagem Daniel Molloy de Entrevista com o Vampiro — papel que foi repassado para Christian Slater —, e as gravações estavam programadas para começar duas semanas após sua morte. Ele também havia sido escalado para participar de um filme chamado Broken Dreams e concordado em interpretar o papel de Cleve Jones no longa Milk quando o projeto começou a ser desenvolvido.

Cory Monteith


O ator canadense fazia parte do elenco do seriado Glee e desde a adolescência brigava contra a sua dependência das drogas. Monteith chegou a controlar o vício durante algum tempo, mas, infelizmente, acabou recaindo e morreu de overdose de heroína em um hotel de Vancouver. Por conta do trágico falecimento, a estreia da quinta temporada teve de ser adiada, e a série inclusive fez um episódio especial sobre a morte do ator.

Aaliyah


Aaliyah começou a carreira artística como cantora e estreou como atriz atuando ao lado de Jet Li em Romeo Tem Que Morrer, do ano 2000. Ela ainda participou do filme A Rainha dos Condenados e foi contratada para viver a personagem Zee nas sequências de Matrix.

Aaliyah inclusive já tinha gravado suas cenas para o longa Matrix Reloaded, que foi lançado em 2002, quando o jatinho no qual ela viajava caiu nas Bahamas. Por conta disso, a produção chamou Nona Gaye para assumir o papel de Zee.

John Candy


Você certamente se lembra de ter visto o gordinho John Candy em várias comédias, não é mesmo? Pois ele estava quase no final das gravações de uma paródia sobre o Velho Oeste — chamada Wagons East! — quando sofreu um ataque cardíaco fulminante enquanto dormia em 1994. Para finalizar o longa, a produção teve que lançar mão de um dublê e do uso de efeitos especiais.

Philip Seymour Hoffman


Philip Seymour Hoffman trilhou uma carreira de sucesso que lhe rendeu várias indicações e prêmios — incluindo um Oscar de melhor ator por sua interpretação do personagem Capote no filme homônimo de 2005. Infelizmente, Hoffman morreu subitamente no início de 2014 devido a uma overdose de heroína, e na época ele estava envolvido em dois projetos.

Um deles era Jogos Vorazes - Esperança – Parte 2, para o qual Hoffman havia quase terminado as gravações de seu personagem, Plutarch Heavensbee, e o roteiro teve que passar por adaptações para compensar sua ausência. Além disso,  o ator tinha participado da gravação do episódio piloto da série Happyish (no papel que depois foi assumido por Steve Coogan) e estava se preparando para dirigir um filme.

Steve Irwin


Você certamente se lembra do simpático Steve Irwin, conhecido mundialmente como O Caçador de Crocodilos, não é mesmo? Quando o australiano faleceu em 2006 — depois de ser atingido no coração pelo agulhão de uma raia —, ele ironicamente estava no meio das gravações de um documentário sobre as criaturas marinhas mais letais do oceano.

A trágica morte de Irwin inclusive chegou a ser capturada pelas câmeras da equipe de filmagens, mas as imagens foram destruídas a pedido da família.

Larry Hagman


Mesmo que você jamais tenha assistido a qualquer episódio da icônica série televisiva Dallas, você certamente já ouviu falar dela — e provavelmente se lembra do ator da imagem acima, Larry Hagman. Aliás, além de interpretar o personagem J.R. Ewing no seriado, Hagman também fez muito sucesso em outra série pra lá de famosa: Jeannie é um Gênio, em que vivia o Major Nelson.

Pois, voltando a Dallas, a primeira edição do seriado teve um total de 14 temporadas — que foram exibidas de 1978 a 1991. Em 2012, o elenco se reuniu para um remake da série. Hagman já havia gravado sua participação na primeira temporada e cerca de seis episódios da segunda quando faleceu devido complicações decorrentes de um câncer.

Marilyn Monroe


Marcada como uma das maiores estrelas da história do cinema, Marilyn Monroe morreu subitamente em 1962, chocando o mundo — e dando origem a uma série de teorias da conspiração sobre as quais não vamos falar agora!

Pois quando faleceu — de suicídio induzido por uma overdose de barbitúricos, segundo a versão oficial —, Marilyn estava envolvida no projeto de um filme chamado Something’s Got to Give. Ela havia iniciado as filmagens, mas foi dispensada pela 20th Century Fox por faltar frequentemente às gravações. No entanto, em sua última semana de vida, a estrela estava negociando seu retorno para finalizar sua participação no longa.

Além disso, Marilyn deveria atuar em uma biografia sobre Jean Harlow, estrelar nos filmes A senhora e seus maridos e Irma la Douce, na comédia Beije-me, Idiota e na adaptação para o cinema do musical A Tree Grows in Brooklyn, da Brodway.

Brandon Lee


Filho do ator e lutador de artes marciais Bruce Lee, morreu durante as filmagens do filme ‘O Corvo’, em 1993. Na fatídica cena, o personagem do ator Michael Massee deveria usar um revólver para atirar em Brandon. Porém, uma bala de verdade havia ficado na arma, mesmo depois que foi limpa e conferida. O ator, que tinha 28 anos, foi levado às pressas para o hospital e, depois de 10 horas de cirurgia e processos para tentar reanimá-lo, morreu.

Antes desse filme, Lee atuou em ‘Massacre no Bairro Japonês’ (1991) e ‘Rajada de Fogo’ (1992).

Judith Barsi


A atriz mirim roubou a cena em ‘Tubarão 4: A Vingança’ (1987) e emprestou sua voz para os filmes animados ‘Todos os Cães Merecem o Céu’ (1989) e ‘Em Busca do Vale Encantado’ (1988).

O futuro da garota parecia brilhante, mas em 1988, quando tinha apenas 10 anos, foi assassinada pelo pai, que também matou a esposa antes de se suicidar.

Heather O’Rourke


A garotinha interpretou ninguém menos que a pequena Carol Anne Freeling nos três primeiros filmes da franquia ‘Poltergeist’.

Em 1988, quando tinha apenas 12 aninhos, a garota desmaiou em casa e foi levada ao hospital. Os médicos não conseguiram identificar o que aconteceu a tempo e a jovem atriz morreu. Na autopsia, descobriu-se que a causa da morte foi uma obstrução intestinal.

Brittany Murphy


Estrela de ‘A Patricinha de Beverly Hills’, ao contrário de muitas atrizes de sua geração, conseguiu dar sequência à sua carreira, com boas atuações em ‘8 Mile: Rua das Ilusões’ (2002) e ‘Garota, Interrompida’ (1999).

Em 2009, porém, a atriz morreu por complicações de anemia e pneumonia.

Selena


Aos 12 anos, lançou seu primeiro CD e, pouco depois, assinou com a gravadora EMI. A cantora americana de origem latina fez sucesso nos Estados Unidos, mas causou ainda mais furor nos países de língua espanhola. Foi eleita pela Billboard a melhor artista latina dos anos 90.

Em 1995, os pais de Selena descobriram que a presidente do maior fã clube da cantora, Yolanda Saldívar, estava vendendo produtos em da estrela adolescente e embolsando o dinheiro. Em 31 de março do mesmo ano, Yolanda deu um tiro em Selena, que não resistiu e morreu.

Yolanda foi condenada à prisão perpétua, com oportunidade de pedir uma condicional em 2025.


EmoticonEmoticon