03/05/2018

Veja como 10 coisas mudaram desde o momento de sua criação

Conforme nossas vidas mudam, as coisas também mudam sua aparência, e às vezes elas mudam tanto que é difícil acreditar que elas são as mesmas que eram no começo, quem imaginaria que os celulares estariam como são hoje, ou que os automóveis seriam tão avançados, e da para acreditar que as bicicletas não tinham um assento e nem pedais?

Veja abaixo dez coisas que mudaram bastante ao longo do tempo, e que, com certeza, ainda continuarão sendo transformadas graças aos avanços tecnológicos.

Aspirador


Os primeiros aspiradores de pó começaram a ser produzidos no final do século XIX, nos Estados Unidos. Eles eram tão grandes que era preciso a ajuda de cavalos para transportá-los. Com o passar do tempo, eles se tornaram mais silenciosos, menores e mais eficientes. Nos últimos anos, aspiradores robóticos tornaram-se populares e são capazes de limpar sem a intervenção humana.

Automóvel


A história dos primeiros carros começou com o surgimento de motores a vapor capazes de transportar uma pessoa. O primeiro carro de produção, com um motor de combustão interna, era um “carro a motor patenteado da Benz” (“Benz Patent-Motorwagen”). Ele tinha três rodas e não tinha volante como os atuais. A primeira pessoa que fez uma longa viagem de automóvel naquela época foi a esposa de Karl, Bertha Benz, que, junto com seus filhos e sem o marido saber, percorreu 194 quilômetros de ida e volta com sucesso, consertou o carro na estrada sozinha, e assim ajudou o inventor a identificar e resolver as deficiências do modelo.

Bicicleta


A primeira bicicleta era, na verdade, um skate de madeira com duas rodas ou, como foi nomeada por seu criador, o barão alemão Karl Dres, uma “máquina andante”. Mais tarde, a invenção recebeu o título de “draisiana”, e com base nela o escocês Kirkpatrick Macmillan criou uma bicicleta semelhante à moderna, acrescentando pedais e um assento. Em 1862, uma máquina semelhante foi criada e depois patenteada por um professor de francês que fabricava carrinhos de bebê, Pierre Lalman. Com o passar do tempo a bicicleta foi sendo aperfeiçoada até ficar como está hoje.

Secador de cabelo


No final do século XIX, o secador de cabelo não precisava de eletricidade: era uma espécie de aquecedor de cerâmica, preenchido com água quente e que depois era passado nos cabelos para secá-los com o calor. Logo depois, versões elétricas começaram a aparecer, até chegar aos formatos que são vendidos hoje.

Sintetizador


Um dos primeiros instrumentos musicais eletrônicos foi um órgão elétrico de 7 toneladas conhecido como Telarmônio, mas na sua prática outra ferramenta foi usada: o theremim, assim denominado pelo físico russo Léon Theremin, que o inventou em 1928. Não era preciso utilizar as mãos para tocar este último já que o som era controlado por movimentos na zona de sensibilidade de suas antenas especiais. Esse precursor dos sintetizadores modernos ainda é muito apreciado, apesar de sua complexidade.

Console de videogames


O primeiro console de videogame, o Magnavox Odyssey, foi lançado em 1972, e não possuía microprocessadores ou microcircuitos. O primeiro jogo foi uma simulação de tênis de mesa, mas depois outros cartuchos foram lançados. Ainda existem algumas pessoas que são fãs de consoles antigos.

Telefone celular


Os celulares mudaram muito com o passar dos anos. Quem não se lembra dos famosos “tijolões”? O primeiro protótipo funcional de um telefone celular surgiu em 1973, e levou 11 anos para disponibilizar para o mundo o Motorola DynaTAC 8000X. Mesmo com o alto custo do aparelho (3.995 dólares), havia milhares de pessoas na lista de espera para adquirir esse telefone. Desde então o celular mudou bastante, e não se parece mais, nem de longe, com os antigos.

Avião Comercial


No início de sua existência, a aviação comercial não oferecia muito conforto aos passageiros. Os assentos eram semelhantes às cadeiras normais, e não havia sequer cinto de segurança. Os voos passaram a se tornar mais confortáveis a partir da Segunda Guerra Mundial, embora ainda fossem controversos em relação à segurança – os passageiros podiam fumar a bordo, consumir bebidas alcoólicas sem restrições e os berços dos bebês eram presos ao bagageiro. Atualmente, as regras para o transporte de passageiros se tornaram muito mais rigorosas. Até o final da década de 1950, a classe econômica não existia, já que viajar de avião era muito caro para qualquer pessoa.

Calçado


Os povos antigos que viviam em países de clima quente usavam sandálias. Já aqueles que viviam em áreas mais frias usavam sapatos impermeáveis , com sola era feita de pele de urso, a parte superior de couro de rena, atada por uma espécie de cordão de estopa e recheada de grama macia para aquecer os pés. Além disso, por um longo tempo, os sapatos para os pés direito e esquerdo eram absolutamente idênticos, e o calçado se moldava à forma dos pés conforme era utilizado.

Sutiã


Os primeiros sutiãs eram bandagens egípcias antigas e também o strophion, um cinto de couro macio, com o qual os seios das mulheres na Grécia e na Roma Antiga eram amarrados. Na Idade Média, esta peça foi quase esquecida e, mais tarde, durante vários séculos, a função foi desempenhada pelo espartilho.


EmoticonEmoticon