11/06/2018

Fotos tiradas pouco antes de uma tragédia

Todos nós vimos fotos pós-tragédia de acidentes terríveis, mas há algo de particularmente ameaçador e assombroso com fotos de pré-tragédia. Famílias sorridentes, grupos embarcando em explorações e tentativas de acrobacias ousadas. Algumas dessas fotos parecem tão despretensiosas e alegres que fazem com que o que se segue seja ainda mais perturbador.

Última imagem do voo uruguaio 571, antes de cair nos Andes em 1972. Inicialmente, 27 de 45 pessoas sobreviveram ao acidente. Sobreviventes foram eventualmente forçados a canibalizar os mortos para ficarem vivos. 16 pessoas foram resgatadas 72 dias depois


Eric Harris e Dylan Klebold mataram vários alunos e um professor durante o Massacre de Columbine. Depois de trocarem tiros com policiais, a dupla cometeu suicídio


Keith Sapsford, de 14 anos, se escondeu na roda de um voo deixando Sydney rumo ao Japão. John Gilspin, um fotógrafo amador, estava testando sua nova lente de câmera e, sem querer, fotografou a queda de Keith até a morte


A enfermeira Mayinga N’Seka durante um surto de Ebola em 1976. Ela contraiu a doença e morreu pouco depois


Robert Overcracker, um dublê profissional, dirigiu um jet ski nas Cataratas do Niágara para aumentar a conscientização para os desabrigados em 1995. Esta foto foi tirada assim que seu pára-quedas não abriu, enviando-o para a morte


Momentos antes do voo 235 da Transásia cair no rio Keelung, em Taiwan. O avião levava 58 pessoas, e apenas 15 sobreviveram


O fotógrafo Robert Landsberg capturou a fumaça que iria matá-lo quando o Monte. St. Helen estava em erupção. Ele conseguiu proteger a película fotográfica com seu corpo


O bombardeio de Omagh. O carro vermelho da fotografia continha uma bomba que matou 29 pessoas e feriu cerca de 220 outras. O homem e a criança sobreviveram, o fotógrafo não


Dave Hally tirou a última foto de sua esposa e filha de 4 anos de idade antes da decolagem para suas férias a bordo do Mh17, pouco antes de ser abatido na Ucrânia por forças lideradas pela Rússia, matando todos que estavam a bordo


Gilles Leclerc e Marianne Labanane fizeram uma selfie no teatro Bataclan Enquanto esperavam ver o show da banda The Eagles Of Death Metal. Momentos depois, 4 atiradores invadiram o local e começaram a atirar. Gilles foi morto no ataque. Já Marianne, sobreviveu


Nicholas Mevoli após seu último “mergulho livre”. Ele completou o mergulho, deu o sinal de Ok, tentou falar e depois desmaiou. Ele não recuperou a consciência e morreu no mesmo dia de edema pulmonar


Últimos momentos de Harambe, Gorila que foi assassinado após uma criança cair em seu recinto no zoológico Cincinnati em 2016


West Milford tirou esta foto em uma caminhada em Nova Jersey, momentos antes de um urso matá-lo


Esta família fotografou os últimos momentos da vida de Ayano Tokumasu (de blusa vermelha). A estudante de 20 anos se jogou das Cataratas do Niágara


Arquiduque Ferdinando e sua esposa Sofia 1 hora antes de eles serem assassinados pelo nacionalista sérvio Gavrilo Princip – este evento foi o gatilho para a Primeira Guerra Mundial


Esta fotografia mostra o voo 123 da Japan Airlines antes de cair. No total, 520 passageiros e tripulação foram mortos, apenas 4 pessoas sobreviveram


Esta foto mostra o entusiasta de Parkour Pavel Kashin executando o truque que levaria a sua morte. Ele está tentando retroceder para a parede, mas logo perderia o equilíbrio e cairia no chão


Em 1978, o voo 182 da Pacific Southwest Airlines tragicamente colidiu em um pequeno avião privado Cessna 172 e caiu do céu. Esta imagem mostra o avião antes de atingir o solo


Christopher McCandless (O homem do filme “Into The Wild (Na Natureza Selvagem)”). Seu corpo foi encontrado em 1992. Ele viveu em um ônibus abandonado por mais de 100 dias. Apesar de afirmarem que ele morreu de fome, a causa exata ainda é debatida


Paul Walker entrando no carro que se acidentou, tirando a vida dele e do motorista, em 2013


EmoticonEmoticon