14/06/2018

Mulher deixou que sua filha pequena escolhesse a própria roupa durante 5 dias

Maria é uma mãe de 2 filhos, Victor, de um ano, e Rosita, de 8 anos. A filha mais velha de Maria é muito ativa e alegre, e adora tudo que seja relacionado ao mundo da moda, nessa idade, não costuma ser muito comum as crianças terem liberdade de escolher a própria roupa.

Foi então que Maria resolveu fazer um teste, afinal sua filha está crescendo, desenvolvendo seu próprio estilo e as opiniões das suas são cada vez mais diferentes. A seguir você vê o resultado do experimento.


Segunda-Feira


Mãe: Hoje é o último dia do ano letivo de Rosita. Ela estuda na 1.ª série e, geralmente, vai para a escola vestindo uniforme, mas hoje as crianças podem usar o que quiserem. Minha filha gosta de estudar, mas, aparentemente, não gosta muito do uniforme escolar. Francamente, estou ansiosa para ver o que ela vai escolher.


Rosita: A mamãe nunca deixa eu ir de acessórios para a escola, mas gosto muito deles! Escolhi meu colar e óculos favoritos: nunca antes tive a oportunidade de me vestir tão bem para ir à escola.

Mãe: Esses são sua camiseta e legging preferidos, que Rosita costuma vestir para brincar no quintal. Claro, eu não teria deixado que usasse isso para ir à escola. Embora admita que o resultado tenha ficado excelente, na minha opinião o uniforme escolar é mais adequado ao estudo e ajuda a impor alguma disciplina.

Terça-Feira


Mãe: Hoje na escola haverá uma festa para celebrar o final do ano letivo. Seu irmão mais novo a ajudou a escolher o conjunto. Parece que ele adora a caixa de bijuterias.


Rosita: Eu amo esse brinquedo e por muito tempo queria mostrar para todos os meus colegas! Posso levá-lo em vez da mochila? E essas botas que minha mãe me comprou recentemente, mas as colocou no guarda-roupa e ainda não me permite usá-las. Por que os adultos fazem isso? Compram, mas não deixam a gente usar?! Mas hoje está tudo liberado! 

Mãe: Estava um pouco frio fora e é ótimo que minha filha tenha colocado um casaco. Em geral, fiquei surpresa com a escolha de Rosita. Dificilmente permitiria que ela usasse as botas, especialmente para ir à festa da escola; além disso, levar um grande brinquedo branco não me pareceu a melhor ideia. Mas eu ainda gosto do jeito que ela se vestiu: será que minha filha se tornará uma estilista?

Quarta-Feira


Mãe: Hoje as amigas telefonaram para Rosita para brincar no parque. O tempo está fechado. Me pergunto o que ela vai escolher hoje.


Rosita: Estou disposta a usar esta jaqueta durante o dia todo e até dentro da casa. Mamãe diz que eu posso estragá-la no parque, mas como ela é linda, certo? E os sapatos são diferentes, porque o tênis do pé esquerdo estava sujo e eu não tive tempo de lavá-lo. As coisas são assim! 

Mãe: Rosita é muito ativa e, por suas brincadeiras no quintal, tento escolher roupas adequadas, que possam sujar ou estragar sem nenhum problema. Mas é claro que ela quer ficar bonita diante de suas amigas e é por isso que nós duas temos de ceder. Mas fiquei surpresa com os sapatos!

Quinta-Feira


Mãe: Na quinta-feira decidimos ir ao cinema, deixando o bebê em casa com as avós. Rosita decidiu procurar seu velho vestido e, para isso, revirou todo o guarda-roupa. Admito que foi um pouco perturbador olhar para isso, mas não me envolvi.


Rosita: É o meu vestido favorito desde os tempos do berçário! É bom que tenha sobrevivido, já que minha mãe deu muitas das minhas roupas velhas para seus conhecidos. Perguntem isso a ela.

Sexta-Feira

Mãe: Desde pequena, Rosita sempre amou inventar roupas para ela e suas bonecas usando materiais improvisados. Quando era mais nova, ela um dia encontrou um saco de lixo, fez um par de buracos e a peça acabou transformando num top!

Esses dias, remexendo em fotos antigas, encontramos registros do tal do top e Rosita decidiu voltar a confeccionar essa peça que, hoje em dia, pode ser considerada moderna e ecológica. Além disso, há uma razão: à noite, teremos convidados em casa.


Rosita: Em geral, não preciso que comprem roupas para mim, eu mesma posso fazê-las. Quando crescer, quero ser uma estilista e agradar as pessoas com minhas ideias! 

Mãe: Rosita, claro, é uma incrível sonhadora! Ela fez um conjunto muito diferente, que eu mesma gostaria de usar. Dois pares de óculos de sol: isso é algo novo. De onde tira essas ideias?


Rosita: foi a semana mais divertida da minha vida! E se o primeiro dia foi um pouco estranho, depois se tornou mais interessante e engraçado. Gostaria de que, no futuro, minha mãe me deixasse vestir sozinha. É ótimo!

Mãe: claro, eu sabia que minha filha é muito criativa, mas não imaginava que fosse tanto! Gostei de como ela combinou as roupas e é ótimo que não tenha medo de experimentar e ser ela mesma. Talvez eu devesse estar mais atenta ao seu desejo de se expressar e mostrar maior compreensão no futuro.


EmoticonEmoticon