07/01/19

Campanha incentiva mulheres a não se depilarem no mês de Janeiro

Campanha incentiva mulheres a não se depilarem no mês de Janeiro

Neste mês de Janeiro está rolando nas redes sociais uma campanha para incentivar que as mulheres deixem seus pelos ao natural. A ação teve o nome de Januhairy, que é a junção das palavras january (janeiro) e hary (peludo).

A campanha não busca apenas debater a liberdade feminina em relação aos pelos, ela tem o intuito de arrecadar dinheiro para instituição Boddy Gossip - que realiza trabalhos educacionais e artístico em prol da aceitação de todos os tipo de corpo.

“Todas as mulheres refletem a respeito de suas inseguranças pessoais. Januhairy é uma oportunidade para que você desafie a si mesma; procure o que te deixa desconfortável e encontre conforto nisso”, diz a apresentação da campanha.

Laura Jackson, de 21 anos é quem está por trás da campanha, a ação busca arrecadar mil libras e a ideia é que cada vez mais gente conheça o trabalho da Body Gossip e que as doações cresçam através do Januhairy.

02/07/18

Depois de ver essas mulheres remover sua maquiagem você nunca será capaz de confiar em alguém novamente

Depois de ver essas mulheres remover sua maquiagem você nunca será capaz de confiar em alguém novamente

Os padrões de beleza e diferentes percepções variam muito em todo o mundo, sem mencionar que cada pessoa tem seu próprio gosto. Após o surgimento das mídias sociais, o culto à beleza tornou-se tão importante que algumas pessoas até se esforçam para ficar bonitas apenas pela aparência na internet.

Em diferente partes da Ásia, por exemplo, na China, algumas pessoas atingem um novo nível de criatividade em relação a esse assunto. Para algumas meninas, a maquiagem agora significa não apenas destacar suas características existentes, mas também criar novas com a ajuda de extensões de pele falsas, cílios postiços, etc.

O vídeo abaixo, que se tornou viral há alguns dias, mostra o processo de meninas asiáticas removerem seus rostos "esculpidos", e a maioria deles fica completamente irreconhecível.

20/11/17

Artista transforma estrias em arte para encorajar as pessoas

Artista transforma estrias em arte para encorajar as pessoas

O estilo de arte japonês chamado "Kintsugi" é a arte japonesa de reparar uma cerâmica quebrada com laca espanada ou misturada com pó de ouro, prata ou platina. A filosofia japonesa trata a ruptura e seu reparo como parte da história do objeto e, portanto, não deve ser disfarçada ou escondida, eles são acentuados e celebrados como as partes mais importantes da história.

A artista paquistanesa Sarah Shakeel, utilizou essa ideia em seu projeto, que está conquistando muitos usuários da internet com suas fotos incomuns. A artista está transformando as estrias em obras de arte usando técnicas de colagem digital.

A artista está inspirando as pessoas a aceitar e se orgulhar de suas histórias e encoraja os seguidores a enviar fotos de suas estrias para que ela as transforme em arte.

09/11/17

Modelo prova que mulheres com curvas podem usar lingerie da Victoria's Secret

Modelo prova que mulheres com curvas podem usar lingerie da Victoria's Secret

A modelo Tabria Majors, com sede no Brooklyn, tem palavras de luta para Victoria's Secret, mas tudo o que realmente precisava eram três fotos do Instagram para provar seu ponto de vista. Para chamar a atenção para os rígidos padrões de beleza demonstrados pelas campanhas publicitárias da empresa, ela colocou-se em algumas de suas peças favoritas da temporada.

A intenção da modelo é justamente chamar a atenção da marca, que sempre usa rígidos padrões de beleza na hora de selecionar suas modelos. Isso não quer dizer que as modelos magras devem ser deixadas de lado, mas a intenção é mostrar que mulheres plus size são bonitas e merecem representatividade.

"Talvez eu seja um Angel da Victoria’s Secret pelo menos como fantasia de Halloween, já que não está acontecendo na vida real" Majors citou junto ao conjunto de fotos publicados em seu Instagram.

08/11/17

30/10/17

25/09/17

16/08/17

Blogueira Fitness faz uma comparação de alimentos saudáveis x não saudáveis

Blogueira Fitness faz uma comparação de alimentos saudáveis x não saudáveis

A blogueira inglesa fitness Lucy Mountain quer mudar a maneira como você pensa sobre a contagem de calorias, e ela está usando comparações práticas de alimentos visuais para provar seu ponto de vista.

Na verdade, Lucy defende que não deveríamos restringir nem erradicar nada de nossas dietas, mas sim aprender a comer com moderação. Além disso, com os posts, ela tenta mostrar que, de modo geral, os alimentos “saudáveis” costumam ter mais micronutrientes do que as opções “não saudáveis”, mas não necessariamente menos calorias. Então, no fundo, não deveríamos olhar apenas para esse indicador na hora de selecionar os itens que deveriam estar nos nossos pratos, e sim para o conteúdo nutricional. Confira alguns exemplos a seguir:

Amêndoas x Jujubas